Consumidor.gov receberá reclamações de concessionárias públicas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email
Plataforma consumidor.gov.br receberá queixas contra concessionárias de serviços públicos | Reprodução

É o que promete o novo secretário Nacional do Consumidor para os próximos 15 dias. Os consumidores poderão reclamar das concessionárias no consumidor.gov.br

Para o consumidor reclamar de concessionárias de serviços públicos não é tão fácil. Mas, parece, isso está próximo de ser mudado. A Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça (Senacon-MJ), acenou com a possibilidade de se poder apresentar queixa via a plataforma www.consumidor.gov.br.

O anúncio foi feito por Arthur Luís Mendonça Rollo, secretário Nacional do Consumidor, durante a renovação de parceria entre a secretaria e o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) e o consumidor.gov.br. Mas dependerá da adesão das concessionárias à plataforma, ato obrigatório inclusive para o setor privado.

A plataforma consumidor.gov.br incentiva a resolução de conflitos de consumo de forma consensual e online. Lançada em 2014, tem um índice de solução de cerca de 80% das demandas, facilitando a vida do consumidor que só precisa acessar online a ferramenta e colocar sua queixa. Tudo é feito no mudo virtual, o que evita perda de tempo em deslocamentos para Procons ou Justiça.




“Hoje temos cerca de 350 empresas na plataforma, que são as mais reclamadas. Mas existe uma demanda da Fundação Procon, de São Paulo, para a gente incluir as concessionárias de serviços públicos, que é o que pretendemos fazer agora nessa etapa para ampliarmos ainda mais nosso índice de solução. Quero fazer isso nos próximos 15 dias. Mas isso depende da adesão voluntária das empresas”, disse Rollo, conforme publicado pela Agência Brasil.

Conciliação entre consumidores e empresas

A plataforma consumidor.gov.br funciona como um meio de conciliação entre consumidores e fornecedores ou empresas. Por meio do site o consumidor pode registrar sua reclamação. O fornecedor dá uma resposta e todo o processo é supervisionado pelo Estado. “A pessoa faz uma reclamação, o sistema manda uma mensagem para a empresa e convida a empresa a solucionar a demanda desse consumidor. É uma plataforma de automediação. É um site oficial do governo federal que intermedia a solução de litígios. O governo federal apenas supervisiona”, explicou Rollo.

Desde que entrou no ar, a plataforma registrou 560 mil demandas respondidas em todo o país por 370 empresas participantes. Só no ano passado foram registradas 288 mil reclamações, com índice médio de solução atingindo 80%. O prazo médio de resposta tem sido de seis dias.

Fonte: Agência Brasil

Acesse o site Consumo em Pauta em seu smartphone
e tire aquela dúvida de última hora sobre o seu direito de consumidor. 
Assine a newsletter do Consumo em Pauta
 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

3 respostas

  1. Deixei meu veículo Duster de placa PCE-4914 para conserto no ar condicionado me foi cobrado absurdo pelo problema que não foi resolvido e não diria respeito ao problema que constava, ficando o veículo por dois dias para descoberta do problema, sendo que foi pago o absurdo e não foi resolvido o problema, paguei caro pelo que não foi o problema,agora que não foi resolvido o que faço, vai me alegar que foi outro, então paguei pelo que não foi.

  2. Não consigo entrar pelo site minha insatisfação, arrependimento e outros

    1. Olá, Evandro
      Você precisa ver se a empresa da qual você quer registrar reclamação está ativa na plataforma Consumidor.gov
      Se não estiver, não conseguirá

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore